Wiki JoJo's Bizarre Encyclopedia
Advertisement

Pode parecer um espirito maligno, mas não é. Jotaro! aquilo que você acreditava ser um espirito maligno é uma poderosa visão, criada de sua própria energia vital. Por aparecer ao seu lado, a visão é chamada de... Stand!

—Joseph Joestar

Stand é um poder sobrenatural dentro do universo de JoJo's Bizarre Adventure, possuindo papel importante a partir da Parte III.

Sobre

O Stand (スタンド, Sutando) foi primeiramente apresentado em Stardust Crusaders. Geralmente, Stands defendem e fortalecem aqueles que os possuem (chamado simplesmente de Usuário de Stand ( スタンド使い, Sutando Tsukai) em uma variedade de maneiras, e quando revelados podem ser representados por figuras que pairam perto deles, entre uma variedade de outras manifestações.

Os requerimentos exatos para se obter um Stand são desconhecidos, porém a série mostra que isso pode estar relacionado a ter grande força espiritual. Entretanto, uma pessoa não pode controlar um Stand sem seguir certas condições ou fatores. Nem todos que podem manifestar um Stand tem a capacidade de controlá-los, um exemplo disso é Holy Kujo que não tinha força física e mentalidade o suficiente para dominar seu Stand, assim tendo a sua vida posta em perigo pelo próprio poder.

Uma das maneiras conhecidas de se acordar um Stand é através do Arco e Flecha. Porém, é uma maneira arriscada, já que a liberação repentina de energia pode tirar a vida de uma pessoa despreparada. As Flechas também são capazes de localizar pessoas capazes de desenvolverem um Stand. É possível que um Stand possa trocar a sua forma comum por uma superior, chamada de Réquiem', quando é atingido por um Flecha. Porém, não se sabe ao certo o requerimento necessário para o Réquiem surgir, um Stand com o poder Réquiem surgindo, caso a morte do usuário aconteça, o Stand poderia ficar descontrolado com o efeito do Réquiem.

Outra maneira conhecida é acompanhar outros usuários de Stand, como é o caso de Trish Una em Vento Aureo que tinha o potencial necessário, mas só acordou o seu Stand ao ficar em perigo. Em Stone Ocean, Pucci podia armazenar Stands e dá-los artificialmente a alguém com os seus discos. Mesmo assim, segundo ele mesmo, só poucas pessoas tem a capacidade de receberem Discos que armazenam Stands. É possível ter dois Stands ao mesmo tempo ao usar um disco.

Em Steel Ball Run, os Pedaços de Cadáver e a Palma do Diabo são capazes de acordarem Stands em pessoas capazes. Mas, dependendo do caso, o Stand pode sumir ou não quando o individuo perde os Pedaços de Cadáver.


Tipos de Stand

Stands possuem as mais diversas formas e poderes, a forma mais comum de classificá-los é através de seu funcionamento, desta forma existem 3 tipos:

  • Não-Remoto: As vezes citado na série como "curto alcance", são Stands que possuem alcances variados porém limitados, sendo assim, totalmente ineficazes em um combate a longa distância, contudo, para compensar essa fraqueza, estes tipos de stand costumam ter alto poder destrutivo. Exemplos: Star Platinum, O Mundo, Crazy Diamond.
  • Remoto: As vezes citado como "longo alcance", são Stands com alcances bem maiores, porém, conforme se afastam do usuário, suas habilidades são enfraquecidas, e apesar de não possuírem um alto poder destrutivo, tais tipos de stands costumam possuir habilidades e padrões de ataque mais complexos. Exemplos: Hierophant Green, Sacerdotiza, Echoes Act 1 e 2 e Heart Attack.
  • Automático: Considerado por muitos o tipo mais perigoso de Stand, neste tipo o usuário não controla o Stand diretamente, apenas tendo o poder de ativá-lo e desativá-lo (sendo que alguns nem disso precisam) o Stand é controlado ou por uma "mente" primitiva ou por outras forças. Este tipo possui um alcance próximo ao infinito e além disso ao receberem dano não o repassam ao seu usuário, a única fraqueza deste tipo é sua alta falta de precisão e por possui padrões de ataque bastante simples. Exemplos: Tote, Black Sabbath, Baby Face, Marilyn Manson,

Vale lembrar que certos Stands especiais podem apresentar mais de uma forma de comportamento, como por exemplo Killer Queen, em sua forma normal é um Stands de curto alcance, enquanto que a 2ª bomba Sheer Heart Attack e a 3ª bomba Bites the Dust possuem um comportamento automático, ou ainda, quebrar certas regras do seu tipo como Imperatriz que apesar de ser automático, ao ser partido por Hermit Purple o dano foi reflitido em sua usuária Neena.

Também podemos notar alguns tipos de stands recorrentes na série:

  • União: O stand se une com um objeto real, podendo mudar sua forma e ser visto por pessoas não usuárias de stand. Exemplos: Yellow Temperance (assimilando carne), Força (transformando um barco em um grande navio), Roda da Fortuna (transformando um carro normal em um carro esporte e até podendo consertar ou modificá-lo a necessidade) e O Louco (se unindo a areia).
  • Habilidade: O Stands não possui uma manifestação "espiritual", se apresentando apenas como uma habilidade supernatural do usuário. Exemplo: Tenor Sax (criar ilusões a partir do ar), White Album (diminuir a temperatura, a "roupa" é criada através desse poder) e Bohemian Rhapsody (dar vida a personagens fictícios), Ticket to Ride (Proteção Divina)

Existem alguns tipos de Stands mais raros aparecendo com menos frequência durante a série:

  • Colônia: O Stand ao invés de se materializar como apenas uma entidade, se manifesta como vários indivíduos menores, este tipo costuma ter a habilidade de dispersar o dano quando este é realizado em apenas um dos indivíduos que compõem o Stand, acarretando pouco ou nenhum dano ao usuário. Exemplos: Harvest, Bad Company, Survivore Metallica.

  • Compartilhamento: Neste caso a regra de "um stand por pessoa" é quebrada, permitindo duas ou mais pessoas usarem o mesmo Stand. Exemplos: Ratt (compartilhada por dois ratos), Tomb of the Boom (compartilhado pelos membros da família Boomboom) e Tattoo You! (compartilhada por 11 pistoleiros).

  • Sem Usuário: Neste caso o Stand não possui usuário, continuando a existir mesmo após a morte do usuário original, por não haver usuário, tais Stand são praticamente indestrutíveis. Exemplos: Anubis, Superfly (neste caso o usuário cita que o Stand continuaria a existir mesmo após a sua morte) e Notorious B.I.G.

Regras dos Stands

  • Um usuário só pode possuir um Stand;
    • Um Stand pode evoluir para outras formas mais poderosas. Se um usuário obtiver um novo Stand ele perde o anterior;
    • Certos Stands possuem diversas formas, chamadas atos (ACT) sendo que esses tipos de Stands podem alternar entre as formas anteriores, porém, só uma forma pode ser usada por vez.
  • O Stand está ligado a alma de seu usuário, por isso ele só é visível a outros usuários de Stand;
    • Um Stand só será visível a pessoas comuns se estiver ligado a algum objeto físico;
  • Como um Stand é parte do usuário, todo dano causado é refletido entre eles;
    • Stands ligados a objetos físicos geralmente são imunes a esse efeito;
  • O Stand irá instintivamente proteger seu usuário, como um guardião, servindo inquestionavelmente ao seu mestre.
    • Em raras ocasiões, o Stands pode possuir personalidade própria, mas ainda assim irá servir ao seu usuário;
    • Alguns Stands automáticos e Stands sem usuário ficam fora de controle, e em alguns casos se voltam contra seus próprios usuários.
  • Sempre que um Stand fala, sua natureza sobrenatural é indicada textualmente no material original (mangá escrito em língua japonesa) como um texto escrito com Katakana. O alfabeto Katakana é equivalente ao itálico na escrita ocidental, é usado para destacar textos, e grafar palavras de origem estrangeira na língua japonesa.
  • Os usuários também podem se comunicar por meio de seus Stands. Salvo raras exceções, um Usuário de Stand normalmente compartilha sua consciência com seu Stand e é capaz de ver através de seus olhos. Além disso, o Usuário de Stand também pode falar através do seu Stand, possibilitando uma forma de comunicação à distância. No entanto, o Stand deve ter uma boca ou, de outra forma, ser capaz de falar para fazê-lo.
  • A voz de um Stand é a mesma de seu Usuário
Advertisement